NOTÍCIAS

Sidney Coser fala como eleito e quer dar nova cara para ACIMM

Publicada em: 14/03/2014

Único candidato registrado até o momento e virtual próximo presidente da Associação Comercial e Industrial de Mogi Mirim (ACIMM), que realiza seu pleito no dia 28 de março, o empresário Sidney Coser pensa grande. Audacioso e impulsivo, como ele mesmo se define, ele quer resgatar tradições, implementar novidades e movimentar o comércio de Mogi.

Com fala firme, Sidney cobra maior dedicação de boa parte de comerciantes “Parte do comércio eu vou fechar, primeiro precisa saber se está naquela atividade ou caiu de pára-quedas. Você tem que ter modernização, se é aquilo que quer, tem que se dedicar. A coisa mais fácil para uma loja é enfiar a chave e abrir a porta. Administrar é diferente”, cobrou.

O pensamento vem baseado em possíveis novidades no Centro. “Se você quiser vender, você tem que inovar. Das 9h às 17h não vai ter ninguém comprando, seus possíveis clientes estão trabalho, então podemos criar um horário diferenciado, tudo em conjunto com o sindicato (SICOVAMM), para determinar o horário, igual shopping. A única coisa que faz você ter sucesso é criar, é diferenciar”, analisou.

 

“A coisa mais fácil para uma loja é enfiar a chave e abrir a porta. Administrar é diferente”,

cobra Sidney Coser.

A ideia seria uma possível abertura do comércio das 13h às 22h, além da criação de uma feira a céu aberto. “Podemos ter em Mogi depois de um conjunto de ideias com os poderes Executivo, Legislativo e a Polícia um shopping a céu aberto, à noite, com segurança, com carro à disposição, com trânsito fechado” revelou.

O local ainda é aguardado em sigilo, mas segundo ele, está bem encaminhado.

Seguindo pensamento do Sindicato do Comércio Varejista de Mogi Mirim (SICOVAMM), o empresário deseja qualificar o atendimento em lojas da cidade, que segundo ele, está “pobre de material humano”. Aliás, a fusão de membros da chapa da situação com da oposição para as eleições é vista como fundamental para um bom trabalho no comércio.

“Eu penso que montei um time de primeira, distribui de maneira mais equacionada. Eu somei pessoas que estavam querendo concorrer de um lado, com pessoas que estavam do outro lado. Teremos grupo de apoio, muitas pessoas continuarão conosco”, contou, em relação a diversos pretendentes por um lugar dentro da chapa, mas que por quantidade e escolha, não foram selecionados.

Canal aberto

Estreitar o relacionamento com o comerciante também é outro projeto do empresário, proprietário da Bom Pão. Isso viria por meio de um canal dentro do site da associação, que será reformulado. Ali o comerciante poderá expor desde sua análise sobre o comércio, cobrar melhorias, apontar problemas e pedir providências até questões jurídicas e administrativas do associado. A criação de uma cartilha que mostre as atrações oferecidas pela entidade e a importância do associado também serão confeccionados. “Será um canal direito com o comércio”.

Campanha

Em relação à campanha do final do ano, época em que a associação mais investe na cidade, Coser deseja manter os mesmos moldes nos últimos anos, mas implementar novidades como o sorteio de uma casa, a qual intitula como um projeto faraônico. Por outro lado, atrações que levem toda a população para o Centro não são bem vistas por ele.

Sou radicalmente contra a associação pegar um dinheiro do associado e fazer um evento no Centro da cidade. Quem tem que fazer é o poder público. Quando chama para ir ao Centro você desguarnece a frequência de possíveis clientes em uma pizzaria, por exemplo, fora do Centro. Como que fica o pessoal da periferia, ele é associado”, finalizou.

No dia 28, a eleição na ACIMM acontece das 8h30 às 19h. Estão aptos para votar cerca de 1.300 associados.


Receba novidades da ACIMM em seu e-mail.

EVENTOS