Blogs

  • Abr

    09

    2019

Já pensou em montar uma startup?

 

Você se interessa pela ideia de montar um negócio, mas nunca abriu uma empresa? Se a resposta for sim, você provavelmente está na fase de curiosidade. Neste grupo, estão pessoas que sonham em ser empresárias, mas nunca conseguiriam definir os detalhes sobre o negócio que abririam. Recentemente o Sebrae desenvolveu uma cartilha com 10 dicas para tirar essa ideia do papel e montar uma startup de sucesso. 

Geralmente, o curioso precisa de informações sobre os desafios e recompensas da carreira empresarial, além de dicas para conhecer melhor a atividade e o segmento em que pretende atuar. Assim, ele pode se inspirar na escolha da melhor oportunidade e planejar melhor a abertura da sua empresa.

Pela cartilha, você descobrirá como desenhar melhor a ideia para o seu negócio. O assunto é bastante interessante e pode nortear o início de carreira de qualquer pessoa interessada em montar o próprio negócio.

Segundo o material, alguns empreendedores tendem a achar que tiveram "a melhor ideia do mundo” e que “só falta dinheiro” para fazer acontecer. Cuidado com essa visão! Não é você, nem qualquer especialista, que dirá que sua ideia é boa, mas sim o cliente.

Antes de dar os próximos passos na construção e na implementação da ideia, valide‐a com clientes reais. Para fazer isso não é preciso, necessariamente, desenvolver a solução, mas sim “sair do prédio” e ir conversar com os clientes em potencial. Você tem muito a aprender nessa etapa de validação que poupará tempo e dinheiro nas próximas fases do projeto.

Ninguém faz nada sozinho. Para sua startup decolar, várias competências são necessárias e é pouco provável que você sozinho tenha todas elas. Busque formar um time de fundadores com habilidades complementares. De forma geral, uma boa startup deve ter, pelo menos, quatro competências bem definidas: gestão, tecnologia, operações e vendas. Para formar um bom time, utilize sua rede de contatos. Participe de eventos e busque formar uma equipe afinada. Admiração pessoal mútua e entrosamento são fundamentais.

Uma das principais causas de falhas em startups está no desentendimento entre os sócios. Por isso, uma das etapas mais importantes – e muito pouco lembrada pelos empreendedores – é o acordo de sócios. Pense nele como um “contrato pré‐nupcial”. Pode fazer parte do contrato social no caso das sociedades limitadas ou contrato separado. Recomenda‐se menção deste no contrato social. O objetivo é estabelecer o que acontece em caso de desentendimentos ou eventual saída de um dos sócios.

O Vesting, importado dos EUA, é um dos principais dispositivos de um acordo de sócios. Estabelece um tempo mínimo em que os sócios devem permanecer na sociedade para fazer jus às participações. Por exemplo, caso um sócio decida sair da sociedade após 1 ano e haja um vesting de 2 anos, ele teria direito a apenas 50% de suas ações. Embora haja discussões do ponto de vista legal sobre a viabilidade do vesting no direito brasileiro, os especialistas são unânimes em dizer que é fundamental realizar o acordo previamente.

Um dos principais desafios de uma startup em fase inicial é encontrar o próprio modelo de negócios, que seja bem aceito pelo mercado e que seja escalável ‐ ou seja, possa crescer rapidamente. Esse modelo é formado por um conjunto de elementos, como proposta de valor, clientes, relacionamento, canais, parceiros, atividades, recursos, fontes de receita e estrutura de custo.

Para encontrar o modelo, um bom caminho está na realização exaustiva de testes buscando validar as hipóteses. Muitas vezes, para realizar esses testes, não é preciso possuir o produto ou solução totalmente desenvolvida. É possível realizar pesquisas preliminares, testes A/B, pré‐venda, ofertas não automatizadas (também chamadas modelo concierge), dentre outras formas.

O paradigma desta abordagem “enxuta” baseia‐se em construir versões mínimas viáveis do produto (MPV, de minimum viable product) que possam ser usadas para realizar rapidamente os testes. O objetivo aqui não é ainda escalar o modelo, mas encontrá‐lo, por isso, muitos testes manuais podem e devem ser utilizados nesta fase

Quer saber sobre os demais passos de como montar uma startup? Então acesse o site http://www.sebrae.com.br e tire todas as suas dúvidas. Uma vez estabelecido, aproveite e se associe à Associação Comercial e Industrial de Mogi Mirim (Acimm).

José Luiz Ferreira, o Zé da Pentagon é vice-presidente da Acimm