Notícias

  • Jul

    05

    2017

NATAL

O setor de manutenção da ACIMM (Associação Comercial e Industrial de Mogi Mirim) iniciou, nos últimos dias, a tarefa de recuperação das árvores de LED que poderão ornamentar o centro comercial de Mogi Mirim nas semanas que antecedem o Natal. As árvores, que até o ano passado estavam guardadas em péssimas condições pela Prefeitura, começaram a ser reformadas.

No ano passado, a ACIMM foi surpreendida quando foi retirar as árvores de LED do almoxarifado da Prefeitura, já que o objetivo era enfeitar as ruas do centro e assegurar um ambiente propício para as compras. Os funcionários da Associação se depararam com as árvores de LED, adquiridas há alguns anos pela entidade, em situação de abandonado. O material, importado da China, estava em péssimas condições de uso, totalmente jogado e a mercê de chuva e sol.

Das 84 árvores de LED, nem cinco possuíam condições de uso, já que toda a fiação foi muito mal conservadas, sem os reatores de energia e os que tinham estavam queimados. Sem tempo hábil, o Centro ficou sem a tradicional iluminação de Natal e os comerciantes acabaram que prejudicados diante da falta de tempo na busca por uma solução.

Todas as árvores foram levadas para o barracão da ACIMM. E o trabalho de revisão já começou. Das 84 árvores, 69 podem ficar em condição de uso. Para isso, profissionais do setor de manutenção estão trocando plugs, conectores e até mesmo reatores. As lâmpadas estão sendo revisadas e o material está sendo limpo e preparado. Serão ainda muitas semanas de trabalho para que as árvores possam ser usadas.

Com isso, a ACIMM deve buscar parceria com a Prefeitura para instalar estas árvores no centro comercial, especialmente na praça Rui Barbosa, no período em que o comércio funcionar à noite. Outros atrativos estão sendo preparados. O objetivo é oferecer ao comerciante e, consequentemente, aos consumidores, atrativos para comprar nas lojas da cidade.

O presidente da ACIMM, Sidney Coser, assegura que o centro será enfeitado neste ano. Mas, ressaltou que este trabalho envolverá outras frentes. Ele conta, por exemplo, com apoio incondicional da Prefeitura. “Não é responsabilidade da ACIMM enfeitar o centro, porque esse trabalho compete à Prefeitura, mas prestaremos toda a assistência necessária para dar ao comerciante um Natal diferente”, disse.

Prova disso é que a ACIMM investiu pesado em sua campanha de prêmios. O “Festival de Prêmios 2017” é uma campanha que começou com o sorteio de prêmios para o Dia das Mães e culminará, no fim do ano, com o sorteio de uma casa no valor de R$ 200 mil. “Nunca na história foi investido tanto em premiação como agora. A ACIMM está sim fazendo a sua parte e entendemos que o comércio precisa se envolver para promover um Natal diferente de todos os anos”, ressaltou.


Galeria de foto

Total de 5 fotos